O Braide de 2023 e o de 2024, o embaixador que contagiou o público e Brandão, o “Golpe do amor” e o vereador barrado no TRT são assuntos em destaque no Colunaço do Pêta deste domingo, 11, que terá também outras notícias picantes e os intrigantes Mistérios da semana, como este: “Com a decisão do Ministério Público do Maranhão, que praticamente mandou a prefeitura restabelecer o contrato do carnaval com o instituto ‘Juju e Cacaia’, como fica a situação de Braide com o secretário da Cultura demitido, Marco Duailibe, com seu nome jogado na lama”???!!! Ótima leitura!!!

COLUNAÇO DO PÊTA –

PETINHADAS –

*** A greve que atormentou o povo de São Luis nos dias que antecederam o carnaval teve uma análise interessante e precisa da ‘lavra’ do advogado Alex Borralho!!! Em artigo publicado na edição desse sábado, 10, do Jornal Pequeno, Intitulado ‘O embate entre Eduardo Braide do ano de 2023 e deste ano, quem ganha? Só há uma certeza: O povo já perdeu”, Borralho gaz uma comparação de como agiu o prefeito ano passado e Coml se comportou este ano, quando lá rodoviários foram às ruas e provocaram enormes prejuízos à população!!! Dr. Pêta, que está de férias mas teve acesso ao artigo, não poderia deixar passar em branco essa “obra esclarecedora”!!! Eis, então, reproduzido praticamente na íntegra, o que escreveu o advogado Alex Borralho nas páginas do glorioso JP, de tantas lutas!!!

*** “Em entrevista coletiva concedida em 26.04.2023, o prefeito de São Luís, Eduardo Braide, afirmou que só haveria repasse de subsídios para as empresas de ônibus se ocorresse melhoria no transporte público!!! ‘Três situações foram colocadas pelo município para que haja qualquer possibilidade de repasse de subsídios em um acordo. Primeiro, aumentar a frota de ônibus. A população não pode aguentar tanto tempo em uma parada no terminal e um baixo número de ônibus que está rodando na cidade. O argumento [dos empresários] era por conta da pandemia, mas a pandemia já acabou e a frota tem que voltar ao patamar normal para que tenhamos melhoria no serviço. Segundo, o retorno do ar-condicionado, que também foi uma medida tomada na época da pandemia, mas não faz nenhum sentido que os ônibus de hoje não rodem com ar-condicionado. A terceira situação é a colocação de novos ônibus em circulação. Todas essas situações estão previstas no contrato de concessão, mas nós faremos questão de colocar no acordo que qualquer repasse de subsídio por parte da prefeitura só acontecerá com o cumprimento dessas exigências’, disse, textualmente, o Eduardo Braide de 2023!!!

*** Agora, o Eduardo Braide de 2024!!! Após três dias de paralisação do transporte público, a greve dos rodoviários em São Luís chegou ao fim, com o prefeito anunciando o fato nas redes sociais e propalando que não haveria reajuste na tarifa de ônibus. No entanto, não demorou muito para que tomássemos conhecimento de como o ‘milagre’ aconteceu, operado por um aumento em aproximadamente R$ 92 milhões de reais no subsídio aos empresários do transporte público de São Luís!!! O subsídio, como se sabe, é uma contrapartida financeira oferecida pela prefeitura para auxiliar as empresas de ônibus, vindo dos cofres públicos, por meio da arrecadação de tributos pagos pela população!!! Ocorre que, ante a ausência da necessária transparência de como o acerto aconteceu ou de qualquer estudo prévio (não foi divulgado nada), ao que parece o repasse ocorrerá sem que o Eduardo Braide deste ano tenha agido como o Eduardo Braide do ano de 2023!!!

*** Temos, então, um conflito de Braides, sendo esta uma luta que deverá ocorrer com a participação do Ministério Público Estadual e do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), este último que há dois anos investigou repasse feito por Braide, de R$ 12 milhões, para empresários, até o final de 2021, da mesma forma que acontece agora (sem prestar contas à população de São Luís sobre a negociação a portas fechadas)!!! Na plateia, os eleitores, o povo e o pagador de impostos.

*** Para que seja apurado se tal ato indica ou não um prejuízo ao erário, o Ministério Público do Maranhão, visando evitar ser taxado de tímido, lento e/ou apático para determinadas apurações, além de descumpridor de suas funções institucionais (artigo 129, da Carta Republicana Federal), poderá, por meio de Promotor de Justiça específico
abrir um inquérito civil, mormente se levarmos em consideração que as concessionárias são empresas privadas, sujeitas ao risco do negócio. Ou seja, há necessidade de verificação de violação ou não dos princípios gerais da Administração Pública inseridos no artigo 37 da Constituição Federal, devendo a primeira providência ser a apresentação de documentos relativos aos cálculos que fundamentam o aumento do subsídio!!!

*** Em tempo de Carnaval, há quem afirme, com veemência, não existir dúvida de que o Maranhão é terra de muro baixo e o melhor a fazer é ‘abrir alas que eu quero passar’ e sair pulando com purpurina, confetes, serpentinas e com R$ 92 milhões de reais no bolso, embalados pela tradicional marchinha ‘Mamãe eu quero, mamãe eu quero… mamãe eu quero mamar’”!!!

*** Rapaz, o “Embaixador” Gustavo Lima agitou o carnaval da Litorânea, do governo do estado, na noite de sexta para sábado, levando o enorme público presente ao delírio, apesar da chuva!!! O show contagiou ‘todo mundo’!!! O “chefe maior” caiu no embalo e tomou até tiquira com o “Embaixador”, dizendo que só faltou “um limãozinho com camarão seco”!!! De “quebra”, deu um guaraná Jesus pra Gustavo Lima, que retribuiu de uma forma que levou a galera ao delírio!!! No meio do show, ‘virou-se’ para um vendedor ambulante do ‘Minha Renda’ e propôs – e concluiu – a compra de 500 latinhas de cerveja para distribuir ao público!!! O “chefe maior” não se conteve, e desceu do trio ‘no embalo’, passando no meio do povo no ‘pique’ da tiquira, de volta ao camarote!!! E muito cumprimentado pelos foliões entusiasmados!!!

*** Já “garoto-mídia-bomba” “pirou” foi certo!!! Chamando ‘urubu de meu louro’ e ‘Jesus de Cola Jeneve’, “ex-garoto-empresário” foi visto cambaleando no meio da multidão!!! Essa ‘cachaça’ tava estragada, hahahahahahaha!!!

*** Fora da “Ilha do Amor”, Dr. Pêta anda de “antenas ligadas” por outras “plagas”!!! Quinta feira, 8, às 14h, na esteira 5 do aeroporto de Fortaleza, coletava suas bagagens uma autoridade governamental, devidamente acompanhada da sua esposa!!! E às 18h, de quinta-feira, 8, desembarcava no Galeão um dirigente de poder e o chefe de gabinete de magistrado quase chefe de poder!!!

*** E uma digital influencer que aplicou o ‘golpe do amor’ em um ‘carinha’ que caiu feito um patinho!!! Pois é…, ‘gata’ e ‘mala’, a jovem conseguiu ir para o show de Jorge e Mateus ‘patrocinada’ pelo ‘carinha gente boa’!!! Achando que estava ‘abafando’, ele comprou ingresso caro, deu carona, comprou bebida cara, pois a influencer não bebe latinha em show…, e, de repente, não é que a moça simplesmente pediu pra ficar com um amigo do rapaz!!! Rapaz, e adivinha o que aconteceu na sequência!!! Como o “pagão” não concordou, a influencer não quis nem saber e “tascou” beijo no “boy amigo”!!! Sem alternativa e decepcionado, o “cabra” deixou os dois ‘pombinhos’ curtindo o ‘show romântico’ e ‘tirou pra fora’!!!

*** Rapaz, empresário aBUSado tá ‘pau a pau’ com “Garoto-Mídia-Bomba”!!! Com a “escantilhada midiática” que “garoto-mídia” deu na primeira-dama” da baixada, agora ‘rebaixada’ a quarto escalão, “aBUSado entrou foi forte no páreo do engajamento, chamando a atenção da “galera” de manhã, de tarde e de noite…!!! Por último, embarcou para o “tradicional carnaval que passa todo ano no Rio” trajado de fofão!!’ Desfilou pelo saguão do aeroporto Cunha Machado e depois, já à bordo da aeronave, viralizou nas redes com o famoso “eu te conheço carnaval”, na poltrona ao lado da “cara-metade”!!! Meu amigo, “garoto-mídia” que “se vire nos trinta”, porque quando chegar no Rio aBUSado vai “deitar e rolar” no Mondego!!! Hahahahahahaha!!!

*** E teve vereador que passou por um dia daqueles que só se vê em filmes de comédia!!! O cara decidiu que era uma boa ideia participar de uma reunião no TRT sobre a greve dos rodoviários, mesmo não tendo nada a ver com o assunto, nem sendo da sua alçada!!! Chegou à porta do tribunal todo “inchado”, “entertelado” – só faltou a gravatinha borboleta -, pensando em ‘lacrar’ com um vídeo em que apareceria como mediador do fim da greve!!! Como a promotora do trabalho não estava para brincadeiras, mandou foi barrar o vereador, que, sem alternativa, teve que dar meia volta e ir embora com seu “vai que cola” frustrado!!! ‘Rapá’!!!

*** Pense num “balacobaco”com o “assessor-professor-inseto”!!! Rapaz, na noite de sexta, ele rumou com a prole para Litoranea, a fim de assistir ao show do Imperador!!! Grogue vai ‘cachaça vem’, lá pra 1 da manhã ele resolve voltar pra casa!!! Quando chega, depara com seis veículos na sua calçada e na entrada da garagem!!! Puto da vida, ‘assessor’ sentou botou uma cadeira na porta de casa e sentou, ‘armado’ de um cacetete, esperando os donos do carro chegarem para cobrar ‘trinta pilas’ de cada um pelo estacionamento!!! Dormiu na cadeira!!! Hahahahahahaha!!!

*** Meu amigo, o ‘Programa Ensinar’, da UEMA, está precisando de uma fiscalizada do magnífico!!! O ambiente de trabalho não tá legal!!! Alguns assistentes, secretários e diretores de curso estão se sentindo humilhados, discriminados…!!! E tudo por conta da ação de uma dirigente colocada pela diretoria geral, que é vista como uma verdadeira ‘general’ do programa!!! Manda e desmanda, desmanda e humilha, igual a irmã, outra diretora que gosta ‘arrasar’ com seus colaboradores, já tendo até sido denunciada no Uemaspotted!!! E, pasmem, nem servidora da casa é!!! Mas quer mandar em tudo!!! Recentemente, colocou uma colega como secretária e esta não aguentou a “rebordosa” e pediu pra sair!!! Depois, comentou no grupo dizendo que a “dita-cuja” manda até na diretora geral!!! Alô, magnífico, bora apurar isso!!!

*** E pra fechar…

Ombudsman dos outros

Tenho assistido, e acredito que você também, tantas barbaridades e idiotices que têm sido prolatadas em vários programas jornalísticos das mais diversas emissoras de televisão e de rádio de nosso país, que como produtor e diretor de conteúdos audiovisuais, resolvi pensar em um jeito de, se não de solucionar esse gravíssimo problema, pelo menos de minorá-lo de maneira criativa e extremamente positiva.
Depois de ter analisado um pouco toda essa situação e por ter passado a minha vida inteira envolvido com comunicação e jornalismo, posso garantir que terá sucesso extraordinário, um programa de televisão, como também sua versão para emissoras de rádio, que apresente, de forma analítica, ponderada, criteriosa e coerente, análises sobre aquilo que dizem e comentam outros programas que sejam jornalísticos e opinativos.
Seria exatamente como aquilo que sugere o curioso título deste texto, seria um programa que serviria como “Ombudsman dos outros”, onde fossem analisadas, com critérios apurados, aquilo que os jornalistas e seus convidados dizem.
Levando-se em consideração que o conhecimento e a opinião da sociedade atual, do século XXI, ao contrário da sociedade do “odiento” século XX, que eram formadas pelo convívio familiar, por boas escolas e universidades, e que é hoje formada essencialmente pelas notícias que se ouve e assiste nos mais diversos meios de comunicação e nas redes sociais, conhecimento e informação da espessura de uma folha de papel, o “Ombudsman dos outros” filtraria e analisaria o que fosse dito nesses programas, de forma criteriosa, usando a lógica, o bom senso, o conhecimento histórico e científico, faria ponderações e mostraria ao público a consistência e a inconsistência daquilo que ali foi dito.
Lembro para quem não se lembra e digo para aqueles que não sabem o que é um Ombudsman. Ele é um profissional contratado por um órgão, instituição ou empresa com a função de receber críticas, sugestões e reclamações de seus usuários, e que sua função no jornalismo é essencial, tanto que são chamados de editores públicos, advogados dos leitores ou editores de leitores.
A primeira vez que essa função foi utilizada foi em dois jornais na cidade de Louisville, no estado de Kentucky, nos Estados Unidos, em 1967. Três anos depois, o The Washington Post seria o primeiro grande jornal a contratar um profissional para exercer essa importante função.
Apenas para exemplificar o que aconteceria no programa “O ombudsman dos outros”, veja o que disseram alguns jornalistas de uma certa emissora de televisão sobre o fato de um ministro do STF ter tomado atitudes “legais” no sentido de investigar a atuação de uma ONG, uma instituição de defesa dos direitos dos cidadãos que demonstrou preocupação com o aumento da corrupção no Brasil: “… essa é uma agenda pessoal do ministro …”.
Ora, esse comentário leva o espectador a achar normal, natural, certo, que um ministro do STF tenha uma agenda própria, sua, pessoal, faz com que quem por acaso assista o que ali esteja sendo dito, pense que a atitude do ministro está correta, quando a função do jornalista âncora, comentarista, opinativo, editorialista, é antes de tudo analisar o fato e a notícia por trás dele, do ponto de vista daquilo que é ético, certo, sensato e deve ser feito, ou pelo menos dar espaço para que aquilo tudo tenha um contraponto, uma ponderação.
Em momento algum os jornalistas ou comentaristas daquele programa teceu algum comentário sobre o fato de um ministro do STF ter uma agenda própria, sobre isso não condizer com a função de juiz, muito menos com a função de um ministro de uma corte suprema. A agenda de um juiz deve ser o processo, e seu manual, a sua bíblia, deve ser a lei, usada com sabedoria, sensibilidade e bom senso. São comentários como esse que enfraquecem o nosso senso de cidadania, bem como a falta de crítica a atitudes como essa, do tal ministro.
Talvez, se tivermos um ombudsman dos outros, possamos voltar a assistir alguns programas sem a imensa preocupação de filtrarmos as barbaridades que a maioria dos programas e dos jornalistas vomitam sobre nós a todo instante.

******************

MISTÉRIO –

*** Com a decisão do Ministério Público do Maranhão, que praticamente mandou a prefeitura restabelecer o contrato do carnaval com o instituto “Juju e Cacaia”, como fica a situação de Braide com o secretário da Cultura demitido, Marco Duailibe, com seu nome jogado na lama???!!!

*** Se o MPMA reconheceu que o contrato para realização do Carnaval de São Luís não possuía irregularidades, o que Eduardo Braide fará com os atos de exoneração de Marco Duailibe e dos três outros funcionários da Secult???!!!

*** Qual prefeito da “Grande Ilha” não mandou fazer a fantasia da corte momesca e fez uma entrega da “Chave da Cidade” que praticamente ninguém viu???!!! Rapaz, Rei Momó não ia te tomar a prefeitura, “meu irmão”!!!

*** Qual vereador da “Grande Ilha” foi barrado na porta do TRT-MA, ao tentar entrar para participar de uma reunião entre prefeitura, empresários do transporte, rodoviários, promotores do trabalho e MOB, para o fim da greve no transporte público de São Luís???!!! Pois é…, chegou lá todo “entretelado”, querendo entrar na reunião, e foi “barrado no baile” pela promotora do trabalho!!! “Rapá”!!!

*** Quem é a primeira-dama, de perfil estonteante na internet, e que vem fazendo furor nas redes sociais, que foi proibida pelo MP de colocar o seu bloco na rua???!!! Logo ela, que ia sair de “abre-alas” para delírio da população do histórico município!!!

*** Quem é o assessor de alto escalão da prefeitura de “Juju e Cacaia” que não poupa críticas ao alcaide-mór por suas atitudes “dissimuladas”???!!!

*** Por que o chefe “pelista” maranhense não emitiu nenhuma nota de solidariedade ao seu presidente nacional, mais uma vez em apuros e às voltas com as grades da “Papuda”???!!!! Será com medo de entrar na “justa”, também??!!!

*** Qual primeira-dama da baixada tentou “virar” uma garrafa de vodka em cima do seu trio, sentindo-se a própria Ivete Sangalo, mas foi contida bruscamente pelo prefeito “cara-metade”??!!!!

***

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *