A escola de samba Estação Primeira de Mangueira, conhecida por suas homenagens marcantes, está pronta para brilhar mais uma vez na Marquês de Sapucaí.

Em 2024, a agremiação carioca traz um tributo especial a uma de suas figuras mais emblemáticas: a cantora maranhense Alcione, que completa 50 anos de vínculo com a escola.

Sob o enredo “A negra voz do amanhã”, a Mangueira promete uma celebração da vida e da arte de Alcione, destacando não apenas sua contribuição musical, mas também sua espiritualidade e suas raízes profundas no Maranhão, sua terra natal.

Dentro da comunidade da Mangueira, Alcione não é apenas uma personalidade, mas uma presença viva e atuante.

Ao longo dos anos, ela compartilhou experiências significativas, tanto no contexto do samba quanto em projetos sociais.

Como uma das fundadoras e presidente de honra da escola de samba mirim Mangueira do Amanhã, ela inspira crianças e jovens a se envolverem no universo do carnaval, deixando um legado de inclusão e dedicação.

O samba-enredo que embalará o desfile foi cuidadosamente selecionado em outubro do ano anterior.

Com a assinatura dos compositores Lequinho, Júnior Fionda, Gabriel Machado, Fadico, Guilherme Sá e Paulinho Bandolim, a canção promete mesclar elementos de jazz, amor, valores e esperança, refletindo a riqueza e diversidade da trajetória de Alcione.

O desfile da Mangueira está agendado para a terça-feira de carnaval, 13, à 1h, e será transmitido ao vivo pela TV Globo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *