Em um pronunciamento sexista, machista e misógino, nesta quarta-feira, 8, no plenário da Câmara Municipal de Caxias, o vereador Daniel Barros, do PDT, cometeu crime de violência política de gênero contra a deputada estadual Daniela Gentil. O crime está previsto na Lei 14.192/2021.

No infeliz discurso, Daniel Barros atacou a honra da parlamentar ao referir-se seu relacionamento anterior, sendo misógino e sexista.

Daniela reagiu ao pronunciamento do vereador pedetista com uma nota de repúdio. Na nota, a deputada enfatizou o compromisso com sua honra, família e a busca por justiça. E informou que está tomando medidas legais contra o vereador nos âmbitos criminal e cível, além de uma representação junto ao Ministério Público Eleitoral por violência política contra a mulher. Afirmou, também, seu respeito pela Câmara Municipal de Vereadores de Caxias, salientando que o comportamento do vereador “não representa a seriedade e o compromisso necessários para atender às reais necessidades da população”.

A deputada expressou sua indignação com o discurso de Daniel Barros, enfatizando que a atitude “envergonha o Parlamento Municipal Caxiense, que, hoje, avança em defesa da igualdade de gênero e do respeito às mulheres”.

Daniela conclui a nota reforçando a ideia de que aqueles que tentam desrespeitar mulheres jamais serão tolerados.

Comissão de Ética – O grave ataque do vereador Daniel Barros merece uma atenção especial da Comissão de Ética da Câmara Municipal de Caxias, sob pena de ser conivente com a brutal agressão sofrida pela parlamentar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *