Feira da indústria atraiu grande público nessa quinta-feira, 9, no Multicenter e segue com programação até domingo, 12

A noite dessa quinta-feira, 09, foi de grande movimentação com a abertura da Expo Indústria Maranhão que iniciou mais uma edição a todo o vapor.

Com realização do Sistema FIEMA (SESI, SENAI, IEL e Federação) e da Confederação Nacional da Indústria (CNI), e correalização do Governo do Maranhão e Sebrae MA, a solenidade de abertura contou com a presença de autoridades estaduais e nacionais.

A maior feira multissetorial do Norte e Nordeste tem a expectativa de reunir 45 mil pessoas e prospectar cerca de R$ 290 milhões em negócios até domingo, 12. Apenas nesse primeiro dia, mais de 17 mil pessoas passaram pela feira.

Edilson Baldez destaca importância do evento na abertura da Expo Indústria

Reconhecendo o potencial da indústria maranhense e a necessidade de olhar para o futuro e para inovação no estado, participaram da cerimônia oficial de abertura o presidente da FIEMA, Edilson Baldez das Neves; o governador do Estado, Carlos Brandão; o desembargador José Gonçalo de Sousa Filho, representando o Tribunal de Justiça do Maranhão; o procurador Geral de Justiça do Estado, Eduardo Nicolau; o vice-presidente da CBIC, Eduardo Aroeira; o representante da CNI, o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Pará, Alex Dias Carvalho; o prefeito de São Luís, Eduardo Braide; o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Celso Gonçalo de Sousa, o deputado Antonio Pereira, representado a Assembleia Legislativa do Maranhão; o deputado federal Duarte Júnior, e o desembargador José Luiz Almeida, presidente do Tribunal Eleitoral Maranhão .

Em uma abertura marcante, o espetáculo “Indústria – O futuro passa por aqui”, tema da Expo Indústria Maranhão 2023, chamou atenção do público. Nele, os atores uniram a projeção futurista do setor industrial à beleza da arte. Vestindo roupas que representavam uniformes de industriários em diversas cores, a trupe montou o nome Expo com as letras e desfilou por todo o auditório Terezinha Jansen. A montagem dialogou com o projeto de modernização da indústria no estado.

O tom de inovação, futuro e modernização corroborou com o discurso de abertura, proferido pelo presidente da FIEMA, Edilson Baldez das Neves. “O futuro já chegou. É hoje! Estamos aqui concretizando o futuro com essa grande feira. Nossa indústria atualmente está se modernizando cada vez mais. Além de trazer novas empreitadas industriais para nosso estado, precisamos é de mais estrutura para que a nossa indústria já instalada alcance um patamar cada vez mais abrangente. Nossos empresários têm demonstrado uma enorme capacidade de inovação, adaptação e perseverança. A indústria maranhense é o pilar fundamental da nossa economia. Investir nela é investir no futuro de todos nós”, ressaltou Baldez.

Representando todos os patrocinadores e expositores da EXPO, o diretor da ALUMAR, Walmer Rocha, destacou que a feira é um dos mais importantes eventos do setor no Brasil, que reúne os maiores grupos empresariais do Norte e Nordeste brasileiro.

“Nos enche de orgulho ter a oportunidade de mostrar a nossa trajetória, nossos investimentos, nossa participação social dentro da cultura, educação, saúde, segurança, meio ambiente no estado do Maranhão nesses 43 anos”, declarou Rocha.

Evidenciando a colaboração contínua entre as entidades do Sistema FIEMA e o Sebrae-MA, o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MA, Celso Gonçalo, destacou o desempenho de todos os agentes para a realização da quinta edição da Expo Indústria. “Estamos aqui como parceiros deste grandioso evento que celebra a força da indústria maranhense desde a sua primeira edição. A iniciativa de colocar em pauta os pilares do ESG, da Inovação & tecnologia e do capital humano mostra como estamos cada vez mais conscientes de nossa intervenção na economia do estado”, disse Gonçalo.

O papel da indústria da construção em todo o Brasil foi exaltado pelo presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), Eduardo Aroeira. “A gente acredita que fazemos parte da indústria mais presente na vida do povo brasileiro. Quando debatemos a construção, debatemos a qualidade de vida. Por isso, a importância dos grandes programas de moradia que permitem um lar digno para milhares de brasileiros. Por trás disso estão segurança e estabilidade para nossa gente”, apontou.

A grandeza da articulação para a construção da indústria e da economia do estado foi destacada pelo prefeito de São Luís, Eduardo Braide, durante a solenidade. Ele ainda considerou a necessidade de uma atuação legislativa para que as leis do estado e do município contribuam para a expansão do setor industrial. “Como poder Executivo, a Prefeitura de São Luís tem sempre buscado contribuir diretamente com a articulação das ações do setor industrial no Maranhão”, afirmou.

Como representante da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o presidente da Federação da Indústria do Estado do Pará, Alex Dias Carvalho, reforçou como a feira trará impactos positivos para a economia maranhense. “A Expo Indústria Maranhão é uma vitrine do dinamismo e da inovação do setor produtivo do Norte e do Nordeste. A feira confirma que a FIEMA e seus parceiros estão atentos aos desafios globais impostos pela digitalização, pelo aquecimento do planeta e pelos conflitos geopolíticos. Conectada com a transformação dos padrões e modelos de consumo, esta exposição destaca o capital humano, a tecnologia e o ESG”, declarou Dias Carvalho.

O governador Carlos Brandão analisou a transformação da economia maranhense nos últimos anos sob a liderança da Federação das Indústria do Maranhão (FIEMA). “A cada realização da Expo Indústria, o que temos visto é uma feira que revela a grande contribuição de nossa indústria para a geração de renda. Temos visto a oferta de formação, a construção de rede de negócios e a troca de experiência entre os empresários, o que determinante para a economia. Esta é a maior feira do norte e nordeste”, enfatizou Carlos Brandão.

Depois do encerramento da solenidade, as autoridades participaram da abertura do Maranhão Fashion Week 2023, visitaram o pavilhão de estandes de toda a Expo Indústria Maranhão, preparado nos mínimos detalhes no Multicenter Negócios e Eventos.

Em sua quinta edição, a Expo tem suas atratividades organizadas a partir dos três pilares temáticos: ESG (Meio ambiente, Sociedade e Governança); Capital humano; Tecnologia e inovação. O ambiente da feira da indústria reflete as necessidades dos empresários, expositores e visitantes e tem como objetivo fundamental ser um propulsor de novos negócios.

É oferecida aos visitantes uma vasta programação com rodadas de negócios (nacional e internacional), palestras, oficinas, bate-papos, painéis, shows. Além dos mais de 250 estandes, o público poderá visitar os espaços Plenarium, Rodada de Negócios, Arena do NAC – Núcleo de Acesso ao Crédito, Expo Agro, Cozinha Show, Expo Lounge, Expo Arte, Expo Turismo, Expo Fornecedores, Expo Show e ainda acompanhar o Encontro IEL de Estágio, Carreira e Gestão e o Maranhão Fashion Week 2023.

Com o objetivo de promover a diversidade da indústria maranhense e de seus fornecedores, a Expo Indústria Maranhão 2023 acontece até domingo, no Multicenter Negócios e Eventos e tem realização do Sistema FIEMA (SESI, SENAI e IEL) e da Confederação Nacional da Indústria (CNI), com correalização do Governo do Estado e do Sebrae. A feira tem o patrocínio de Aço Verde do Brasil (AVB), Apex Brasil, Agência Espacial Brasileira (AEB), Alumar, Banco da Amazônia, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Bumba Alimentos, Caixa, Cimento Bravo, Da Casa, Massa e forno, Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap)/ Porto do Itaqui, Eneva, Grupo Equatorial Energia, Equatorial Telecom, Enova, Echoenergia, Sistema Fecomércio, Prefeitura de São Luís, Programa de Desenvolvimento de Fornecedores (PDF), Suzano e Vale.
Para conhecer a programação e se inscrever, acesse o site www.expoindustriama.com.br.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *